FANDOM


Nota: Este artigo não pertence à T-Series. Por tanto, qualquer comentário publicado nesta página, não será respondido pelos YouTubers. Lembre-se de verificar seus links para visitar as suas redes sociais.

O T-Series é um canal do YouTube mantido pela gravadora indiana T-Series e de propriedade da Super Cassettes Industries Private Limited (SCIL). Fundada por Gulshan Kumar, também produz produções cinematográficas da Bollywood. Eles eram bem conhecidos por sua disputa de inscritos com o PewDiePie, e agora são o canal com maior número de inscritos na Índia e no mundo.

História

A T-Series foi fundada por Gulshan Kumar em 1983, como uma pequena empresa que inicialmente vendia músicas pirateadas da Bollywood. O primeiro lançamento de trilha sonora original da T-Series foi para Lallu Ram em 1984, com músicas de Ravindra Jain. O avanço da companhia veio com Aashiqui (1990), um álbum de trilha sonora de filme composto pela dupla Nadeem-Shravan (Nadeem Akhtar Saifi e Shravan Kumar Rathod), que vendeu 20 milhões de unidades na Índia e é o álbum de trilha mais vendido de todos os tempos. Muitos dos outros álbuns de músicas da Bollywood mais vendidos nos anos 90, particularmente aqueles compostos por Nadeem-Shravan, foram lançados sob o selo T-Series. Além da produção musical, a empresa também começou a se aventurar na produção cinematográfica.

Em 1997, o fundador da T-Series, Gulshan Kumar, foi assassinado pela máfia indiana Mumbai Underworld Syndicate D-Company. Seu assassinato também levou a T-Series a perder seus músicos mais prolíficos na época, Nadeem-Shravan, devido a Nadeem Akhtar Saifi ser inicialmente acusado de envolvimento no assassinato, antes de ser posteriormente exonerado. Após a morte de Gulshan Kumar, em 1997, a empresa já foi liderada por seu filho Bhushan Kumar e pelo irmão mais novo, Krishan Kumar.

YouTube

No YouTube, o T-Series é o canal do YouTube mais inscritos de todos os tempos com mais de 98 milhões de inscritos. O canal é atualmente o canal de mais rápido crescimento em termos de assinantes, ganhando mais de 4,3 milhões de assinantes por mês, o que representa uma média de 145.000 inscritos ganhos diariamente.

O T-Series também é o canal de YouTube com mais views de todos os tempos com mais de 69 bilhões de visualizações de vídeos, tendo mais de 35 bilhões de visualizações de vídeos do que o segundo colocado, WWE, e ultrapassando o canal mais visto anteriormente, PewDiePie, em 14 de fevereiro de 2017. O T-Series também é o canal de maior crescimento do YouTube em termos de visualizações de vídeos, obtendo mais de 2,8 bilhões de visualizações de vídeos por mês e uma média de 93 milhões de visualizações de vídeos obtidas diariamente.

PewDiePie vs T-Series

O T-Series tem sido o canal de mais rápido crescimento no YouTube desde o final de 2017. Desde dezembro de 2017, quando a T-Series recebe 100.000 inscritos diariamente, eles crescem 4 vezes mais rápido que o PewDiePie e até o ultrapassam temporariamente em tempo.

Quando a T-Series tinha menos de 10 milhões de inscritos atrás do PewDiePie, o próprio PewDiePie e vários YouTubers, como o Pyrocynical, DramaAlert e MrBeast, vêm discutindo o crescimento do T-Series.

Em 29 de agosto de 2018, o PewDiePie fez seu primeiro vídeo no T-Series devido à pequena comunidade do YouTube e aos grandes usuários do YouTubers discutindo sobre o crescimento do T-Series contra o PewDiePie. Foi apresentado em um episódio do LWIAY. PewDiePie menciona o T-Series no início e diz que ele está "olhando para lutar contra a vida real" enquanto ele ostenta uma espada falsa, para evitar que o T-Series supere o PewDiePie nos assinantes, embora obviamente como uma abordagem satírica mais exagerada e o próprio Felix provavelmente tenha nada contra a empresa, e definitivamente nada contra os indianos como um todo. Mais tarde, isso fez com que muitos outros criadores de conteúdo no YouTube e outras mídias "reagissem" também, tornando a T-Series mais conhecida em relação ao público que falava inglês.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.